ZANZIBAR, o azul impossível do mar das especiarias

Um nome mágico, um caldeirão de culturas reconhecido pela UNESCO, foi descrito pelo célebre explorador britânico David Livingstone como sendo “o melhor lugar que eu conheci em toda a África”.

Tem um incrível mar com uma cor que julgávamos impossível e, para além das praias belíssimas, muito para ver, fazer e aprender. É assim, Zanzibar: antes de partirmos, já sentimos saudades.

(clique em cima das miniaturas, para ampliar)

A tumultuosa história de Zanzibar é indelevelmente marcada pela sua privilegiada localização geográfica, com os ventos e fortes correntes marinhas facilitando a navegação de e para Oriente.
Foi neste contexto que, em 1498, Vasco da Gama ali aportou na sua rota de descoberta do “caminho marítimo para a Índia”.

Nos seguintes 200 anos Zanzibar representou um importante ponto estratégico no controlo por Portugal das rotas comerciais entre o Oriente e o Ocidente.
São múltiplas as influências portuguesas ainda hoje verificáveis, da culinária (foram introduzidas formas de cozinhar e produtos trazidos de colónias noutras regiões do mundo, incluindo especiarias) à língua, sendo numerosas as palavras swahili derivadas do português: pera diz-se pera, batata é batata, limão é limao, piripiri é pilipili, parafuso é parafujo

Na ilha de Pemba várias vezes por ano têm lugar touradas em que o toureiro desafia o touro desviando-se no último momento.

Para além de não magoar o animal, este é “elogiado” no final da tourada, por vezes sendo até decorado com uma grinalda de flores…

Para além de relaxar nas belíssimas praias, com aquele mar de uma fabulosa cor azul e a areia branco-farinha, há muito para ver e fazer em Zanzibar:

Stone Town – o coração histórico, cultural e económico do arquipélago, sem dúvida uma das mais interessantes e fascinantes cidades africanas abaixo do Sahaara, “a Cidade de Pedra”, classificada como Património Mundial pela UNESCO em 2000, é um fabuloso labirinto de ruas e ruelas desembocando em pequenas praças com grandiosas mansões.

Percorra a cidade devagar, demoradamente – e, entre muitos outros motivos de interesse, repare nas magníficas, seculares e belíssimas portas, maciças escavadas e decoradas.

Ilha de Changuu – para além da beleza da ilha e do mar que a rodeia, há a colónia de gigantescas e opulentas tortoises (tartarugas de terra).

Palácios dos sultões – sinais da opulência antiga, existem vários locais com ruínas muito interessantes.

Floresta de Jozani – muito bem conservada, alberga uma população, única no mundo, de macacos colubus. Tem também um imponente mangal, com uma incrível interpenetração de troncos e raízes das plantas e árvores, bem como abundantes caranguejos (em especial visíveis na maré baixa). Existe um passadiço em madeira que optimiza a visita.

Quinta de borboletas – interessantíssimas, para aprendermos todo o ciclo de vida destes maravilhosos insectos, e tirarmos fabulosas fotografias…

Aquário de Mnarani – um projecto de conservação de tartarugas e, ao mesmo tempo, de educação dos locais e dos turistas. Contacte de (muito) perto com tartarugas, incluindo bebés.

Quinta de especiarias – veja, toque, cheire e prove as plantas e árvores das quais provêem os temperos que consumimos no nosso quotidiano, muitas vezes sem termos qualquer ideia concreta da sua origem e aparência na Natureza.

Safari com golfinhos – observe de perto e, até, nade com golfinhos no seu meio natural.

Mergulho – fabulosas oportunidades de observação da vida marinha, em lugares incontáveis…

Banhos Persas – símbolo da riqueza dos sultões, deles restam o que os séculos não arruinaram em Stone Town e em Kizimbani / Kidichi.

Escravatura – durante séculos, Zanzibar foi o mais importante entreposto de escravos de África. Locais pungentes ainda recordam essa abominável prática.

Freddie Mercury – o célebre vocalista dos Queen nasceu em Stone Town a 5 de Setembro de 1946. Apesar de ter partido da cidade aos 9 anos, a história da sua presença está bem documentada em Zanzibar.

A avenTOURas proporciona-lhe a descoberta desta
ilha fabulosa, por um FANTÁSTICO preço !!

VIAJE COM QUEM SABE !!

Sabemos do que falamos, conhecemos

MUITÍSSIMO BEM o que vai encontrar !!

Zanzibar, guia 1 Zanzibar, guia Zanzibar, guia 2

Após firmar a sua decisão de visitar ZANZIBAR, ser-lhe-á fornecido gratuitamente um magnífico GUIA de VIAGEM, editado por nós, a cores, com 78 páginas incluindo numerosas fotografias e informações muito úteis tal como locais imperdíveis, restaurantes, praias, mercados, compras, custos das “coisas”, deslocações internas, etc, etc.

Apenas passível de ter sido escrito por quem conhece profundamente o destino, para que quem connosco viaja possa usufruir de uma magnífica experiência, numas férias INESQUECÍVEIS…!

partida de Madrid, a 08 de Junho 2020

(inclui os feriados de 10 e 11 de Junho)

7 noites

Hotel AFRICAN SUN BEACH & SPA3***sup.

Em tudo incluído : 1198 € !!

 

Hotel MADRUGADA, 3***sup.

Com pequeno almoço: 855 €

Em meia pensão : 998 €

Em pensão completa:  1139 €

Em tudo incluído : 1250 € !!

 

No luxuoso

Hotel SEA CLIFF RESORT & SPA, 5******

Em meia pensão : 1128 €

Em tudo incluído : 1349 € !!

 

E no excelente

Hotel UROA BAY BEACH RESORT, 4*****

Em meia pensão : 1082 €

Em pensão completa:  1158 €

Em tudo incluído : 1228 € !!

 

E no absolutamente magnífico

Hotel KARAFUU  HOTEL BEACH RESORT, 5******

Em meia pensão 1148 € !!

Em tudo incluído 1398 €

 

Possibilidade de partida de Lisboa

Voos, transferes aeroporto/hotel/aeroporto,estadia e seguro de viagem  incluídos; preços dependentes da data de partida e do hotel escolhido.

Possibilidade de estadia de diversa duração: 7, 8, 9, …, 12, 14 noites.

outros hotéis disponíveis