SRI LANKA, a ilha-lágrima das surpresas felizes

Muito recentemente, a prestigiada “National Geographic Society” classificou o SRI LANKA como um dos melhores destinos do mundo para onde viajar, visitar e conhecer. Há alguns séculos atrás,  Marco Polo considerou-a como sendo a ilha mais bonita do Mundo.

As forças da Natureza que moldaram esta fabulosa terra em forma de lágrima  criaram uma exótica combinação de belíssimas praias, florestas tropicais, rios, cataratas, planícies costeiras e luxuriantes colinas verdes.

Numerosos locais de grande valor histórico, cultural e ecológico – oito deles classificados pela UNESCO como Património Mundial – numa civilização milenar: a curta distância do subcontinente indiano, esta ilha em forma de lágrima tem uma vibrante e longa história de 2500 anos para contar.

A teia cultural, tecida ao longo dos séculos na intersecção da civilização cingalesa com as sucessivas colonizações portuguesa, holandesa e britânica, para além das influências vindas dos mercadores árabes, indonésios, abissínios e chineses, é uma espantosa e produtiva mistura agregadora.

Os motivos de fascínio turístico-cultural são inesgotáveis: lendárias e antiquíssimas cidades, magníficos templos budistas e fortalezas imponentes ombreiam com praias fabulosas, montanhas opulentas e colinas suaves, e uma riquíssima ecologia que coloca o Sri Lanka como um dos países do mundo com maior biodiversidade.

Uma vibrante cultura popular, expressa nos coloridos festivais, na música, no teatro, na dança. E as pessoas, claro: sorridentes, hospitaleiras, desejosas de agradar. Muitas com apelidos portugueses: na epopeia dos descobrimentos, D. Lourenço de Almeida chegou aqui no ano de 1505, chamando a ilha de Ceilão, designação que perdurou muito para além da presença portuguesa de 150 anos, da qual persistem abundantes sinais. 

Uma terra de surpresas felizes, sorrisos abertos, contrastes harmoniosos, indescritível beleza.

(clique em cima das miniaturas, para ampliar)

A avenTOURas proporciona-lhe a descoberta deste

fabuloso país, por um FANTÁSTICO preço !!

 

Colombo – a capital do Sri Lanka, centro da actividade política e económica do país, é uma por vezes frenética cidade – mas sempre charmosa no contraste de edifícios coloniais com prédios modernos. É excelente para compras – para além das numerosas lojas, mercados de rua e shoppings, não perca o enorme mercado Pettah. Para se divertir à noite, vá aos numerosos bares, discotecas e casinos da rua Galle.

Anuradhapura – a primeira capital do Sri Lanka (séc. IV AC), recheada de belíssimos monumentos, como os templos de Isurumuniya e Abayagiriya, além da imponente e venerada Sri Maha Bodhi, considerada a árvore mais antiga do mundo. Classificada como Património Mundial pela UNESCO, é absolutamente imperdível.

Praias – são numerosíssimas nos seus 1300 km de areias finas, para todos os gostos e…belíssimas !! Bentota, Negombo (onde existe um forte construído pelos portugueses), Beruwela, Kalutara, Hikkaduwa, Marawila, Mount Lavinia, Unawatuna e Wadduwa são apenas algumas.

Sigirya – Uma espectacular fortaleza, imponente de 200 metros de altura, construída pelo rei Kashyapa entre os anos 477 – 495. Com bonitos frescos pintados nas paredes do forte, piscinas e belíssimos jardins na base. A paisagem vista do cimo é fabulosa. Classificada como Património Mundial, é uma das maiores atracções do Sri Lanka, chamada de “8ª maravilha do mundo”. Inesquecível.

Kandy – talvez a mais bonita cidade do Sri Lanka, é a “capital das colinas”, declarada pela UNESCO como Património Mundial. Imperioso visitá-la, para se conhecer as lendas e tradições seculares do país, a beleza dos seus arredores (entre os quais o lago construído em 1798 por Wickrama Rajasinghe, o último rei cingalês) e os seus templos (o fantástico templo de Dalada Maligawa é um dos mais sagrados para os budistas) e museus. Também, a não perder o grande bazar de artesanato e um dos numerosos espectáculos de música e dança tradicionais.

Trincomalee – na costa este, uma muito interessante cidade fundada pelos Portugueses, rodeada por magníficas praias ainda virgens da descoberta pelo turismo.

Galle – ao sul de Colombo, é a capital do sul. Fundada pelos portugueses, é um exemplo da mistura das arquitecturas do Oriente e da Europa – sendo a zona histórica da cidade, de origem portuguesa, um magnífico exemplo classificado como Património Mundial. A catedral de Santa Maria (fundada pelos Jesuítas) e a magnífica fortaleza, (re)construída pelos holandeses em 1663 a partir de um imponente forte português e classificada pela UNESCO como Património Mundial, são também visitas obrigatórias.

(Templos em) Dambulla – um fabuloso complexo de 5 templos escavados na rocha, com 2000 m2 de belíssimas pinturas nas paredes e tectos e 150 estátuas de Buda, a mais colossal das quais medindo 14 metros. Construídos pelo rei Walagambahu no séc. I A.C., estão classificados pela UNESCO como Património Mundial.

Polonnaruwa – capital do Sri Lanka nos séc. XI e XII, ostenta múltiplos motivos de interesse, entre os quais as ruínas do Palácio Real, o Gal Viharaya (com 4 esplêndidas estátuas de Buda, entre as quais a famosa escultura do Buda reclinado), o Templo de Shiva, Watadage, Galpotha, Kiri Vehera e o Parakrama Samudraya, um lago construído pelo rei Parakramabahu. Classificada como Património Mundial.

Nuwara Eliya – um belíssimo cenário nas montanhas do Sri Lanka (a 1889 metros), numa cidade colonial rodeada por verdes colinas onde se produz o melhor chá do mundo.

Parques naturais – há muitos, todos muito bem conservados com enorme respeito pela vida selvagem. Os parques nacionais de Yala, de Minneriya e Bundala são apenas alguns exemplos. No parque de Yala (979 Km2) há a possibilidade de realizar safaris de observação da abundante vida selvagem, incluindo elefantes, búfalos e leopardos.

(Orfanato de elefantes) Pinnawela – um centro de protecção e estudo de elefantes, que evoluem no seu meio natural. Famoso em todo o mundo, é uma comovente lição ecológica. Uma oportunidade única para interagir com elefantes-bebés.

Quintas de especiarias – são numerosas, e visitar uma delas é imperdível, não apenas pela beleza natural como pelo que aprendemos.

Jardins botânicos – são interessantíssimos, pela enorme diversidade de árvores, plantas, flores, aves, borboletas, e muitíssimo mais…

Tartarugas & baleias – as praias do Sri Lanka são regularmente visitadas para desovar por 5 espécies diferentes de tartarugas. Para além dos numerosos golfinhos, também é possível observar baleias junto à costa.

Elefantes – respeitosamente considerados como símbolos da vida, da água e da felicidade. Encontrá-los-á um pouco por todo o lado.

(Medicina) Ayurvédica – uma milenar forma de tratar, com ênfase na prevenção das doenças, por meios naturais.

Presença portuguesa – visitar o Sri Lanka é, também, (re)descobrir a história das epopeias marítima, comercial e cultural de Portugal. Dom Lourenço de Almeida chegou aqui no ano de 1505, fundando a cidade de Colombo e, entre outras feitorias, Negombo e a cidade fortificada de Galle, classificada como Património Mundial. A ilha foi chamada Ceilão pelos portugueses, tendo sido assim designada (Ceylon, pelos ulteriores colonizadores, holandeses e britânicos) até muito recentemente. O domínio português perdurou durante os seguintes 150 anos, estando ainda hoje presente em monumentos, em numerosas palavras (incluindo os apelidos das pessoas, como Pereira, Fernandes, Ferreira, Silva, …) e na expressão religiosa católica de bastantes comunidades.

VIAJE COM QUEM SABE

Sabemos do que falamos, conhecemos

MUITÍSSIMO BEM o que vai encontrar  !!

Após firmar a sua decisão de visitar o SRI LANKA, ser-lhe-á fornecido gratuitamente um magnífico GUIA de VIAGEM, editado por nós, com 52 páginas  a cores, incluindo numerosas fotografias e informações muito úteis tal como locais imperdíveis, restaurantes, praias, mercados, custos das “coisas”, deslocações internas, etc, etc. Apenas passível de ter sido escrito por quem conhece profundamente o destino, para que quem connosco viaja possa usufruir de uma magnífica experiência, numas férias INESQUECÍVEIS !!

Sri Lanka, guia 2 Sri Lanka, guia de viagem Sri Lanka, guia 1

Dentro de um autocarro às 07 h da manhã, com outras 49 pessoas desconhecidas e alguém a falar insuportavelmente alto mesmo junto ao seu ouvido ??… Todos à espera do indivíduo que se esqueceu de activar o despertador e ainda chega com ar arrogante e sem pedir desculpa ?? Ou daquela Srª que se “perdeu” nas compras e nos horários ??… Subordinação às regras do colectivo ??… Contactos não desejados ??…

Connosco NÃO é assim : durante todos os nossos circuitos terá um motorista / guia só para si & acompanhante(s), em transporte PRIVADO , com todo o conforto !!

Combine com ele as horas de partida, peça-lhe para parar para “esticar” as pernas, ou para tirar aquela foto especial mesmo ali ao lado da estrada… a sua viagem personalizada !!

Possibilidade de combinação do SRI LANKA com as belíssimas

Ilhas MALDIVAS

Maldivas, praia 5 Maldivas, 7

! Onde quiser, o tempo que pretender !

Como especialistas, podemos formatar todo e qualquer programa de viagem para o Sri Lanka, seja para onde for e seja que duração tiver – a flexibilidade é total. Abaixo apresentamos três propostas, todas elas propiciando a descoberta da fabulosa diversidade de cenários e ambientes deste país magnífico – clique para ver itinerários detalhados e preços.

Circuito no Sri Lanka + Praia

Visitando as maravilhas deste fantástico país e relaxando nas magníficas praias impolutas, sempre em transporte só para si ! Por um fantástico preço: 1538 €.

O essencial do Sri Lanka + Praia

Um magnífico circuito de 6 noites / 7 dias descobrindo os locais imperdíveis deste fantástico país, seguido de 7 noites de estadia na praia – sempre em transporte privado, apenas por 1648 €.

O encanto do Sri Lanka

Uma fantástica viagem de 13 noites visitando os locais “obrigatórios”
deste país fabuloso, incluindo 7 noites de praia na costa este e costa oeste. Com a privacidade do transporte só para si e acompanhante(s), por 1795 € !!